5 atitudes para combater o preconceito

Oi pessoal,

Nem todos nós temos familiares próximos ou amigos com necessidades especiais. Contudo, hoje é quase impossível não se conviver com alguém assim, seja no ambiente escolar ou mesmo no trabalho. Por isso, listamos aqui 5 atitudes que podem ajudar você no combate ao preconceito!

1 – Amplie o seu conhecimento

índice.jpg

Isso mesmo! A melhor forma de se evitar o preconceito é buscando conhecer melhor a deficiência em questão. Busque sites, livros e,se tiver oportunidade, converse com a família do deficiente.

2- Visite lugares que realizam trabalhos com portadores de necessidades especiais

MG_6566.jpg

Se você  ainda não teve a oportunidade de conviver com alguém assim, por quê não visitar uma organização social, uma escola especial ou mesmo um orfanato?  Procure se informar e saber quais são as instituições que fazem esse tipo de trabalho na sua cidade, como por exemplo a APAE ( Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais).

Aproveite para levar os seus filhos também! É uma ótima forma de conscientizá-los sobre o assunto.

3- Não julgue… Ajude!

riokids-preconceitodeficiente-720x300

Muitos pensam que pessoas com necessidades especiais são apenas aquelas com aparência física diferente, tais como os portadores da Síndrome de Down ou cadeirantes. Contudo, existem aquelas que possuem apenas um retardo mental leve, que por vezes é muito sutil. Na infância, essas crianças chegam a não se distinguir das outras.

Por isso, quando perceber que alguém possui dificuldades de aprendizado, para se comunicar ou mesmo para compreender o que se é falado, não julgue! Talvez essa pessoa seja especial e precise da sua ajuda.

4- Conscientize seus familiares e amigos

conversa136138-1-m-Thinkstock_e_Getty_Images

Converse com seus familiares e amigos sobre o assunto. Busquem juntos sanar dúvidas que por vezes transformam-se em preconceito.

Será que isso pega? ( Sim, ainda existem muitas pessoas que acreditam que necessidades especiais são como doenças contagiosas)

Como conversar com uma pessoa autista?

Será que ele vai ser agressivo comigo?

Por que ele não entende o que falo?

Por que ele é tão devagar?

5- Exerça a sua cidadania

img1031a

Percebeu que as calçadas do seu bairro não possuem rampa de acesso? Reclame com a prefeitura.

A escola do seu filho ou a sua faculdade não trabalha com pessoas especiais? Converse com a diretoria.

O seu trabalho não tem pessoas especiais? Converse com a diretoria/ gerência e busque alternativas para realizar o processo inclusivo.

Dessa forma, você estará exercendo a sua cidadania e contribuindo com a sociedade!

 

Um abraço,

Talita Cazassus Dall’Agnol

 

 

 

13 comentários sobre “5 atitudes para combater o preconceito

  1. Angela Maria Mascarenhas disse:

    Já me preocupo com os problemas do próximo, seja ele qual for. Fico pensando o que fazer para ajudar em alguma coisa pq me encomenda o sofrimento alheio. Gostaria sim conhecer uma escola por exemplo conforme citado. Acho que temos a obrigação de fazer algo por esses irmãos que vivem a deficiência de alguma forma. Vou acompanhar e conte comigo.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Sherry Teles disse:

    Lu, parabéns pela iniciativa! Devemos mesmo. ter mais espaço nas redes e conscientização social da importância da aceitação e inclusão carinhosa das pessoas portadoras de necessidades especiais! Bjao pra ele. 💕

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s