5 TEDs sobre Inclusão Social que você não pode deixar de assistir

O TEDx é uma organização sem fins lucrativos que tem como missão inspirar as pessoas com ideias e palestras compartilhadas. Selecionamos 5 TEDs nos quais pessoas com necessidades especiais, de diferentes locais do mundo, contam as suas experiências e compartilham sua visão de mundo, mostrando que a inclusão social não é tão difícil quanto parece.

1.Como o autismo me libertou para ser eu mesma

Rosie King conta sobre as vantagens e desvantagem de ser autista e critica a sociedade por querer enquadrar todos em uma caixa rotulada como normal. Para elas, as pessoas têm tanto medo da diversidade que tentam e forçam todos, mesmos aqueles que não querem ou não podem, a serem normais. Há grupos para pessoas gays ou autistas, para tentar deixá-las “normais”, e é terrível ver que pessoas fazem isso mesmo hoje em dia. E deixa, ainda, uma pergunta para reflexão: se nós conseguíssemos entrar na cabeça das pessoas, sendo elas autistas ou não, em vez de punir qualquer coisa que saia do normal, por que não celebrar a individualidade e se animar sempre que alguém libera sua imaginação?

2.Eu não sou a sua inspiração, muito obrigada

Stella Young nos leva a refletir sobre como a sociedade propagou a ideia de que as pessoas deficientes são objetos de inspiração e critica essa postura, já que para ela isso significa objetificar as pessoas com deficiência em benefício das pessoas não deficientes. Afinal ” elas estão lá para que você possa olhar para elas e pensar que as coisas não são tão ruins para você, para colocar suas preocupações em perspectiva”. Stella encerra seu discurso afirmando que seu desejo não é ser um ser excepcional e inspirador, mas simplesmente viver em um mundo em que a deficiência não seja a exceção,e sim o normal.

3.Eu tenho 99 problemas… e a paralisia cerebral é apenas um deles!

Maysoon Zayid relata de forma bastante descontraída como é fazer parte de várias minorias: ser muçulmana, palestina e possuir paralisia cerebral. Ela conta que as pessoas com deficiência são a maior minoria no mundo e são os mais sub-representados na área do entretenimento. E espera que seja possível criar imagens mais positivas da deficiência na mídia e no dia a dia. Dessa forma, se houvesse mais imagens positivas sendo vinculadas, menos ódio seria fomentado na Internet.

4. As paraolimpíadas permitiram ser eu mesmo – um campeão

Matthew Williams nasceu com epilepsia e limitações cognitivas. Ele relata como as Paraolimpíadas transformaram a sua vida em todos os aspectos. O atleta conta que houve um tempo em que muitos duvidavam que pessoas com limitações cognitivas poderiam se beneficiar de programas de aptidão física e oportunidades para competir em esportes, contudo pioneiros como Dr. Hayden e Eunice Kennedy, fundadores das Paraolimpíadas provaram que deficientes podiam competir também. Para Matthew, ser atleta olímpico permitiu resgatar seu orgulho e dignidade e diz que ” As paraolimpíadas estão mudando o mundo ao transformar 4,5 milhões de atletas dando-nos um lugar para sermos confiantes, conhecer amigos e não sermos julgados. Para nos sentir e sermos vencedores.”

5. A oportunidade da adversidade

Aimee Mullins, portadora de deficiência física, conta como aprendeu a enxergar oportunidades nas adversidades. Ela acredita que todas as pessoas têm algo raro e poderoso para oferecer à nossa sociedade e que a habilidade humana de se adaptar é o nosso maior patrimônio.  Não se trata de superar a adversidade, mas de nos abrirmos a ela, abraçando-a, agarrando-a.  E, talvez, se enxergarmos a adversidade como natural, consistente e útil, seremos menos sobrecarregados pela sua presença. Aimee acredita que a maior adversidade que criamos para nós mesmos é a ideia de normalidade. Afinal, quem é normal?

3 comentários sobre “5 TEDs sobre Inclusão Social que você não pode deixar de assistir

  1. Fabíola Chagas disse:

    Acompanho e adoro o seu Blog, pois tenho um filho que necessita de atenção especial, e como boa mãe sempre procuro alternativas para auxiliar na melhor orientação que posso dar à ele…

    Aproveitando a oportunidade para comunicar que com muita admiração indiquei o Blog para o Prêmio Dardos. Parabéns!

    https://fabiolachagas.wordpress.com/2016/06/06/vivendo-psicologia-e-saude-e-indicado-ao-premio-dardos/

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s