Filme “Andar Montar Rodeio” – superação e inclusão

“Andar Montar Rodeio” é um filme do Netflix baseado na história real de Amberley Snyder. A longa traz uma série de lições sobre superação e inclusão, vale a pena assistir. Por isso, decidi contar um pouco para vocês sobre a vida dessa incrível mulher!

Amberley nasceu em janeiro de 1991  no sul da California. Aos 3 anos de idade, começou a fazer aulas de equitação e desenvolveu uma grande paixão pelos cavalos. E aos 7 anos se mudou para Utah com a família onde iniciou sua carreira nos rodeios. Desde muito pequena, Amberley sempre teve uma grande habilidade de comunicação com seus cavalos e se conectava com eles de uma forma muito pessoal.

Logo, vieram as premiações. Seus pais incentivavam seu lado competitivo , dizendo sempre que o trabalho duro supera o talento quando o talento não trabalha duro. E esse tornou-se o objetivo diário de Amberley durante os treinos e as competições. Em 2010, com sua carreira em ascensão, ela se tornou presidente da FFA State Utah e estava consciente de que sua vida mudaria completamente.

Contudo, em janeiro deste mesmo ano, Amberley estava a caminho de mais uma competição em Denver quando tirou o cinto para checar o mapa e perdeu o controle da caminhonete que dirigia. O veículo capotou, ela foi jogada para fora batendo em uma cerca de madeira, o que quebrou sua coluna. Ao chegar no hospital, depois de várias horas de cirurgia, descobriu que o erro que cometera naquele dia mudaria sua vida para sempre. O médico disse que se ela não tivesse tirado o cinto, provavelmente não teria quebrado a coluna daquela forma e perdido para sempre os movimentos das pernas.

Mas isso não afetou o seu espírito competitivo: sua prioridade, mais do que voltar a andar, era poder cavalgar novamente. Incrivelmente, após apenas 4 meses depois do acidente, ela conseguiu montar em seu cavalo Power.

Apesar de todos os desafios e adversidades que Amberley enfrentou, ela nunca parou de lutar para alcançar seus objetivos. Sua filosofia de ” trabalhar duro” nunca foi afetada e dizem que depois do acidente ela ficou ainda mais forte. Isso porque depois do acidente, Amberley percebeu que teria uma oportunidade única de inspirar pessoas.  Ela agora inspira milhares de pessoas em todo o mundo contando sua história e participando de rodeios. Dessa forma, ela permitiu que seus desafios a melhorassem e não a definissem!

Durante uma crise que Amberley teve pouco tempo depois do acidente, sua mãe lhe disse: ” Sua cadeira de rodas pode ser sua âncora ou suas asas. Você é quem decide o que ela vai ser!”.


Por Talita Cazassus Dall’Agnol


 

Anúncios

Um comentário sobre “Filme “Andar Montar Rodeio” – superação e inclusão

  1. Eunice Faria disse:

    Ameiiiii…
    Eu tbm tive um acidente gravíssimo em novembro de 2018 de moto estou me recupetanso com 9 fraturas na bacia virilhas pubi pelvi coquis…
    Mas te falo uma coisa vc e é uma querreira se Deus nos deixou a vida é porq ainda temos uma missão pra cumprir aqui na terra… desejo toda felicidade do mundo e que consiga todos os seria seus objetivos te no tempo de Deus ..

    .

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s