Cromossomo 21: um filme que aborda a inclusão de pessoas com síndrome de Down

O que você faria se fosse impedido de amar? É com esta pergunta que após anos de espera e ansiedade, o filme Cromossomo 21, do jovem Alex Duarte, terá sua estreia a partir do dia 30 de novembro nas principais capitais do país.

O longa retrata uma nova realidade sobre o amor através do olhar de uma jovem com Síndrome de Down, Vitória (interpretada por Adriele Pelentir), e do menino Afonso (interpretado por Luis Fernando Irgang), que não tem a síndrome. Ambos se apaixonam e decidem experimentar juntos as diferenças, enfrentando a interferência e o julgamento da família, buscando entender o real sentido do amor. O elenco também conta com Deborah Finochiaro, Saulo Meneghetti, Suzy Ayres, Marisol Ribeiro, Nêmora Cavalheiro e mais de 50 atores entre pessoas com e sem a Síndrome de Down.

 

cromossomo-21-300x162

Para Alex Duarte, o romance de Afonso e Vitória no filme é uma metáfora das impossibilidades que a própria sociedade coloca, condicionando o que é certo ou errado nos relacionamentos, do que  é possível ou impossível nas nossas escolhas ou do que é ser diferente ou normal. O filme descontroi essa ideia justamente apresentando o que é mais bonito e humano entre nós todos: o desejo de amar, casar, ter filhos, construir nossa casa ou viver uma vida independente.

O diretor acredita ainda que o filme pode ajudar a quebrar preconceitos que as pessoas com síndrome de Down sofrem. Para ele, o preconceito só existe porque as pessoas o produzem.

“Se somos autores de uma sociedade que admite isso, esse nível absurdo de julgar o que não conhecemos, nós podemos ser também os autores desse contrário. Assim como fomos autores da escravidão, fomos autores da sua desconstrução.”

A longa promete emocionar o público com essa temática tão relevante para a nossa sociedade que é a inclusão das pessoas com deficiência! Por isso, não deixe de assisti-lo, mesmo que você não conviva com alguém que tenha deficiência. Leve seus filhos,  familiares e amigos; essa é uma grande oportunidade de ver o mundo com outros olhos e, sobretudo, de participar ativamente do processo inclusivo.


Por Talita Cazassus Dall’Agnol


 

3 comentários sobre “Cromossomo 21: um filme que aborda a inclusão de pessoas com síndrome de Down

  1. Alexandre Tiago disse:

    Boa noite! Fiquei muito interessado em assistir a esse filme! As pessoas com síndrome de down devem ser sempre respeitadas e valorizadas! Assim que assistir vou falar da importância de valorizamos o ser humano não importa quem seja e as pessoas com síndrome de down devem ser respeitadas sempre! Parabéns pelo excelente texto! Atenciosamente: Alexandre Tiago do Instagram cultural “Estante Artística”

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s