Porque atletas com deficiência intelectual deveriam ter mais oportunidades nas Paralimpíadas

Todos os que estão acompanhando as Paralimpíadas do RIO 2016 devem ter notado a falta de atletas com deficiência intelectual. Infelizmente, essa categoria ainda possui uma inexpressiva participação nos jogos mundiais .

153729090614judo_brenoviola

O campeão de Judô, Breno Viola.

 

E isso ocorre devido a uma fraude cometida por atletas da delegação da Espanha durante as Paralimpíadas de Sydney em 2000, o que fez com que  o Comitê Paralímpico Internacional decidisse que não haveria mais provas para deficientes intelectuais nos campeonatos promovidos pela entidade. Assim, essa categoria só teve seu retorno liberado nos jogos de Londres em 2012, ficando de fora das disputas mundiais por 12 anos!

Neste ano, os atletas com deficiência intelectual estão participando de provas na natação, no atletismo e no tênis de mesa. A delegação brasileira tem três atletas com esse tipo de deficiência disputando medalhas: Daniel Tavares no atletismo, Beatriz Borges Carneiro e Felipe Caltran Vila Real, ambos na natação.

0094_daniel_martins_dz_1

O atleta Daniel Tavares

Contudo,  é preciso que o Comitê Paralímpico Internacional torne as Paralímpiadas mais inclusiva para esses atletas. Afinal, uma fraude cometida há 16 anos não pode ser motivo de exclusão de pessoas que têm pleno potencial de serem vencedoras!

É claro que na deficiência física é possível perceber com mais facilidade qual o impacto da deficiência para o atleta. Já no caso da deficiência mental, que é  mais sutil,  torna-se difícil entender seu efeito nos atletas e consequentemente adaptar as modalidades esportivas a eles.

Leia também:

Experiências com a Inclusão Escolar

Como a Síndrome de Down mudou a minha vida

Além disso, o grau de deficiência intelectual pode variar muito de uma pessoa para outra. Ou seja, pode ser que o atleta tenha dificuldades até mesmo para compreender os comandos mais simples que são passados por seu treinador.

Existe, também, a questão da pressão para competir. O estresse causado pela ansiedade em ter que competir  pode ser algo muito difícil  para pessoas com esse tipo de deficiência.

paulinho-1

As modalidades esportivas, no entanto, podem ser perfeitamente adaptadas para essas pessoas de acordo com seu grau de dificuldade. Isso é feito o tempo todo nas escolas por meio de adaptação curricular dos alunos, por que não fazer o mesmo nas Paralímpiadas?

É importante lembrar que a classificação dos deficientes intelectuais no paradesporto exige laudos  complexos de psicólogos  e sua análise minuciosa evitaria fraudes como a ocorrida anteriormente.

Gostaria muito de nas Paralímpiadas de Tóquio em 2020 ver atletas com Síndrome de Down não apenas como voluntários do evento, mas igualmente como atletas competindo no que é considerado o nível mais alto do esporte: as olimpíadas!

sindrome-3

*Por Talita Cazassus Dall’Agnol

7 comentários sobre “Porque atletas com deficiência intelectual deveriam ter mais oportunidades nas Paralimpíadas

  1. overdadeirosereaalegriadeviver disse:

    Será que não é o caso de fazer a inclusão do atleta sem deficiência para emprestar sua intelectualidade ao deficiente intelectual, “recebendo deste a força que precisa”, como na corrida com deficientes visuais, na qual o deficiente visual corre de mãos dadas, totalmente sincronizado com um corredor sem deficiência, que não pode puxá-lo, mas sim correr no rítmo do deficiente. E quando conseguem uma medalha, ambos ganham a medalha! Ambos passam uma grande alegria! É um grande exemplo de somar forças para se alcançar uma vitória!
    Porque não seguir este exemplo adaptado a realidade do deficiente intelectual? Pode ser uma grande oportunidade para quem tem dificuldade de expressar sua afetividade, porque nisto os down são superdotados!

    Curtido por 1 pessoa

  2. Laise Ribeiro disse:

    Concordo plenamente! Será muito bom assistí-los e apoiá-los em 2020.
    A ideia de incluir um atleta sem deficiência, dando esse tipo de suporte aos que têm deficiência intelectual é muito interessante e plausível.

    Curtido por 1 pessoa

  3. pensandociencias disse:

    Meninas,

    Acabei de conhecer o blog e gostei muito. Estive nas Paralimpíadas e estou certa de que nossos atletas têm um potencial gigantesco. Precisamos investir e confiar neles, essa será nossa verdadeira vitória!
    Obrigada por partilhar a experiência de vocês neste espaço.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s